Mais Notícias

Coronavírus e estiagem: CASAN solicita economia de água

26/03/2020

 

Diante de uma severa estiagem que prejudica os mananciais usados para captação e abastecimento em Santa Catarina, a CASAN reforça a importância do uso consciente de água.


A Companhia atende 194 municípios catarinenses e 1 paranaense e em função da escassez de chuvas enfrenta, em todas as regiões, mananciais bem abaixo de suas vazões normais.


O abastecimento segue constante na maioria das cidades, porém ações operacionais estão sendo necessárias para manter o fornecimento de água, principalmente com o aumento de consumo dos últimos 10 dias.


Entre as situações que mais preocupam está a de Chapecó, na Região Oeste, onde o principal manancial, o Lajeado São José, está com vazão reduzida em 30%.


Devido à estiagem que afeta a Região Oeste do Estado a CASAN também solicita aos moradores de Águas Frias, Anchieta, Campo Erê, Entre Rios, Dionísio Cerqueira, Iporã do Oeste, Jaborá, Palma Sola, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste e Seara que economizem a água tratada ao máximo.


Na Região Serrana continua em operação de emergência o Sistema de Abastecimento de São Joaquim. Devido à estiagem prolongada, a CASAN está executando um conjunto de ações complexas para manter o abastecimento, como a transposição de água de açudes para o Rio Antonina, além de captação de água em poços cedidos por moradores e empresas.


Nas cidades de Bocaina do Sul, Campo Belo do Sul, São José do Serrito e Pescaria Brava a situação dos mananciais é crítica em função da estiagem. Em Bom Retiro, Correia Pinto, Ermo, Turvo, Urubici e Urupema o momento é de alerta.

 

Na Região Norte-Vale do Itajaí, Agronômica, Imbuia, Itaiópolis, Rio do Oeste, Salete, Taió,Trombudo Central e Vidal Ramos estão com captação de água reduzida devido à escassez de chuvas.


Na Região da Grande Florianópolis o nível do Rio Vargem do braço (Pilões), principal manancial do Sistema Integrado, também está com nível prejudicado. O abastecimento se mantém constante em Florianópolis, São José, Biguaçu e Santo Amaro, porém a CASAN já complementa a captação no Rio Cubarão, manancial secundário para a Região Metropolitana.


O nível da Lagoa do Peri, onde a Companhia capta água para abastecimento do Sul e Leste da Ilha está baixo, sendo monitorado de forma constante. O fornecimento de água não está prejudicado, porém diante das altas temperaturas a Companhia reforça o pedido de uso econômico, especialmente neste momento de necessidade de constante higiene pessoal em função do coronavírus.

 

A orientação é de que não sejam realizadas ações como a lavagem de casas, pátios, calçadas, entradas de prédios e carros. É preciso também atenção para atividades domésticas e de higiene pessoal. 

 

Uma dica importante é evitar banhos prolongados, já que o chuveiro é um dispositivo de consumo significativo de água. Estima-se que a cada minuto no banho há um consumo de aproximadamente 10 litros de água. 

 

Dicas para economia de água:


- Tome banhos breves.


- Feche a torneira ao escovar os dentes e ao fazer a barba.


- Não lave a louça com água corrente: passe rapidamente água nas louças, ensaboe os pratos e utensílios. Abra a torneira apenas para enxaguar.


- Só acione a máquina de lavar louça ou a de lavar roupa com capacidade total: o consumo é igual se ela não estiver cheia.


- Não use mangueira sob hipótese alguma, nem para lavar carros, regar plantas e muito menos para lavar calçadas.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir esta notícia
Please reload

Apoio Cultural
Logo Linhares fundo vermelho II.png
Please reload

CATEGORIAS
Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • White Instagram Icon

Mantenedora: Associação Comunitária e Cultural São Lourenço

Rádio Estação FM: Canal 285 – ZYV227 – 104,9 MHz

Rua Pedro Álvares Cabral, 160- 3º andar. Bairro Brasília.

São Lourenço do Oeste - SC 

(49) 3344-0104