Please reload

Mais Notícias

Limite para compras em viagem ao exterior vai subir para US$ 1.000

07/12/2019

1/10
Please reload

Destaques

Campo Erê soma R$ 10 milhões de prejuízos com temporal

07/02/2019

 

Os prejuízos com o temporal de granizo que ocorreu no final da tarde de terça-feira (5) em Campo Erê devem passar de R$ 10 milhões. Os levantamentos de perdas ainda não foram concluídos, mas o coordenador da Defesa Civil do município, Nelson Tressoldi, estima o prejuízo milionário a partir da área atingida, de aproximadamente cinco mil hectares de soja e 150 a 200 hectares de feijão. Ainda na manhã desta quarta-feira havia gelo acumulado em alguns pontos.

 

— No feijão a perda é de 100% e, na soja, a estimativa é de 50%. São entre 20 a 25 famílias que possuem áreas grandes e a maioria não tinha seguro, pois plantavam com recursos próprios. Esses produtores tiveram uma grande perda que vai refletir no movimento econômico do município. Foram atingidas as comunidades de Itatiba, Agroísa e Araçá, o que representa 20% da área do município — disse Tressoldi.

 

Somente um produtor, Valmor Giacomin, calcula o prejuízo em 1,2 milhão. A partir do levantamento que está sendo realizado por técnicos do município ou da Epagri é que a administração municipal vai decidir se decreta situação de emergência ou não. 

 

De acordo com o coordenador regional da Defesa Civil, Rogério Golin, a chuva forte também causou estragos em Bom Jesus do Oeste, mas os dados ainda estão sendo levantados.

 

Em Chapecó e Xaxim ocorreram alguns alagamentos na área urbana. No interior o problema maior foi com as estradas danificadas.

Apesar do prejuízo grande em Campo Erê a perda no cenário estadual é pontual e não afeta a previsão de uma boa safra, segundo o analista do Centro de Socieconomia e Planejamento Agrícola da Epagri, Haroldo Tavares Elias.

 

— Tivemos um período de 15 dias de falta de chuva em dezembro, que prejudicou algumas lavoura de milho com perda de até 8% e lavouras precoces de soja em cerca de 10%. Mas isso foi compensado pelo bom desempenho em outras regiões. Não será uma safra cheia mas dá para considerar normal.

 

No milho a expectativa é de uma produção de 2,8 milhões de toneladas, o que representa um crescimento de 11% em relação à safra passada, de 2,5 milhões de toneladas. Isso devido ao aumento de área e produtividade. Nas soja a previsão é de uma safra similar à do ano passado, que foi de 2,4 milhões de toneladas.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir esta notícia
Please reload

Apoio Cultural
Categorias
Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • White Instagram Icon

Mantenedora: Associação Comunitária e Cultural São Lourenço

Rádio Estação FM: Canal 285 – ZYV227 – 104,9 MHz

Rua Pedro Álvares Cabral, 160- 2º andar. Bairro Brasília.

São Lourenço do Oeste - SC 

(49) 3344-0104