Mais Notícias

Em 10 anos, mais de 1 milhão de crianças foram registradas sem o nome do pai na certidão de nascimento em SC

16/01/2019

 

Em Santa Catarina, nos últimos 10 anos, 1.270.173 crianças não tiveram o nome do pai registrado nas certidões de nascimento, conforme a Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen/Brasil).

 

O ano com maior número de certidões registradas sem o nome do pai foi 2008, com 186.051 casos. De acordo com dados da associação, nos últimos sete anos, houve um aumento de registros do nome do pai nos documentos.

 

Em 2012, foram 151.912 nascidos sem o dado no documento. No ano passado, o número foi de 26.693, menor índice da década analisada.

 

A Arpen diz que um dos fatores que influenciam no aumento de registros citados no levantamento são os próprios mecanismos do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que desde 2011 facilitam o reconhecimento e homologação de paternidade.

 

Em Santa Catarina, 338 cartórios possuem a atribuição de fazer registro de pessoas naturais, segundo informações do CNJ. De acordo com o estudo mais recente do conselho, publicado em 2015, o estado tinha 8.521 crianças de até 10 anos que nem ao menos tinham registro de nascimento.

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir esta notícia
Please reload

Apoio Cultural
Logo Linhares fundo vermelho II.png
Please reload

CATEGORIAS
Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • White Instagram Icon

Mantenedora: Associação Comunitária e Cultural São Lourenço

Rádio Estação FM: Canal 285 – ZYV227 – 104,9 MHz

Rua Pedro Álvares Cabral, 160- 2º andar. Bairro Brasília.

São Lourenço do Oeste - SC 

(49) 3344-0104