Mais Notícias

Profissionais da Fundação Hospitalar passam por capacitação com psicóloga

09/05/2018

 

Na semana passada, no auditório da Fundação Hospitalar São Lourenço, todos os profissionais da entidade passaram por uma capacitação. O trabalho de formação, que foi dividido em dois períodos, foi conduzido pela psicóloga Cleonice Lazzarotto, de Chapecó. 


Cleonice explica que a formação foi uma iniciativa do próprio hospital e buscou oportunizar a troca de experiências entre o grupo, mas também permitir a reflexão. Ela conta que o tema central, “O que nos torna humanos”, buscou gerar um debate em torno dos serviços ofertados pela entidade hospitalar, dos profissionais e dos usuários. 


Frisando que dentro de uma unidade de saúde a carga de trabalho é grande, já que há a exposição, por exemplo, a dor, sofrimento e vivências que nem sempre são agradáveis, a psicóloga defende que esse tipo de formação oportuniza um momento onde as pessoas se conhecem e se enxergam como parte importante dentro do trabalho de atendimento. Ela emenda alegando que é onde os profissionais percebem a importância do seu trabalho e a atenção que elas precisam demandar para elas mesmas. “Para poder ajudar o outro, nós, enquanto humanos, precisamos nos reconhecer e nos cuidar”, chama a atenção. 


Formação 
Para dar conta do assunto e permitir uma melhor absorção, Cleonice disse que formação teve conteúdo teórico, para fundamentação, mas também contou com vivências, aonde o grupo conseguiu se conhecer melhor. “Esse formato permitiu que os profissionais expressassem os sentimentos enquanto equipe”. 
Chamando a atenção para o envolvimento total dos profissionais, a psicóloga falou que todos os setores estiveram integrados na formação. “A gente precisa pensar o hospital como uma unidade em que todos precisam trabalhar visualizando o todo”, disse emendando que neste caso todos são importantes e indispensáveis para o bom funcionamento das atividades. 


Em resumo, Cleonice falou que a formação buscou melhorar a qualidade de vida dos profissionais e, como consequência, o atendimento dos pacientes. “Quando os trabalhadores estão bem, o atendimento é melhor”, disse ela observando que a gestão do hospital está aberta para que haja um atendimento mais humanizado. “Eu vejo que o grupo está em sintonia e mobilizado com a causa. Isso faz a diferença”, observa a psicóloga. 
 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Curtir esta notícia
Please reload

Apoio Cultural
Logo Linhares fundo vermelho II.png
Please reload

CATEGORIAS
Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • White Instagram Icon

Mantenedora: Associação Comunitária e Cultural São Lourenço

Rádio Estação FM: Canal 285 – ZYV227 – 104,9 MHz

Rua Pedro Álvares Cabral, 160- 3º andar. Bairro Brasília.

São Lourenço do Oeste - SC 

(49) 3344-0104